quarta-feira, 6 de julho de 2011

Caio Fernando Abreu

Que seja doce o seu modo de andar, de sentir, de demonstrar afeto. Que sejam doce suas expressões faciais, até o levantar de sobrancelha. Que seja doce a leveza que eu sentirei ao seu lado. Que seja doce a ausência do meu medo. Que seja doce o seu abraço. Que seja doce o modo como você irá segurar na minha mão. Que seja doce. Que sejamos doce. E seremos, um dia, eu sei.

 

1 comentários:

Claire disse...

You have a nice blog. Try to visit my blog too www.claire-fernandez.blogspot.com... Thanks

Postar um comentário